Roteiro de 1 dia em Paquetá.

Por Raianne Matos • quinta-feira, 18 outubro 2018BrasilRio de Janeiro

PAQUETÁ

No dia 13/10/2018 eu e a Jeniffer do @ummundosurpreendente fomos conhecer Paquetá e hoje vim compartilhar essa ilha linda com vocês.

Paquetá é uma ilha que pertence ao Rio de Janeiro. Em suma, o que a separa da badalada capital é a Baía de Guanabara. Além disso, a ilha toda tem 1,2km² de área e 8km de perímetro, você pode fazer esse percurso andando ou de bike.

Se acaso quiser, deixo mais informações sobre Paquetá.

O QUE FAZER?

Lá o que não falta é opção do que fazer, e desde já informo, para ficar melhor ainda os locais são gratuitos.

A fim de deixar tudo bem detalhado para vocês, coloquei abaixo os pontos turísticos mais visitados em Paquetá, bem como uma imagem com o mapa dessa ilha linda, com informações sobre os principais serviços, hotéis / pousadas e todos os atrativos turísticos, além dos nomes das praias. Certamente você irá amar essa ilha, assim como eu!!!

Praça Pintor Pedro Bruno

É a Praça central de Paquetá, ela foi projetada pelo próprio Pedro Bruno e curiosamente foi inaugurada antes de sua morte. Nela destacam-se várias de suas obras: projeto paisagístico, bebedouro de pedra, bancos e colunas para bougainvilles. O busto em bronze do pintor é obra do escultor Paulo Mazzuchelli.

A Praça fica em frente a saída das barcas. Não deixe de conferir a feirinha que tem na praça com barraquinhas vendendo artesanato local.

Paróquia Senhor Bom Jesus do Monte

A Paróquia foi construída em 1763 e está passando por uma restauração no momento. Ela é muito linda, vale muito a pena visitar.

Horário de funcionamento: De Segunda a Domingo de 7:00 às 17:00.

Paróquia Senhor Bom Jesus do Monte.

Praça Bom Jesus e o antigo bebedouro

A Praça Bom Jesus fica localizada à direita da saída das barcas, com seu estilo rústico e bastante arborizada ela transmite muita paz. Portanto foi realizada nesta praça, em 12 de setembro de 1904, a 1ª Festa da Árvore do Brasil, um marco ecológico na época.

Caramanchão dos Tamoios

Caramanchão dos Tamoios é outro raro exemplo do paisagismo de Pedro Bruno para Paquetá. Recanto especial que avança sobre o mar, onde são realizadas serestas e encontros cívicos. Fica localizado na Praia dos Tamoios, em frente ao nº 137.

Canhão que Saudava D. João VI

A peça fazia parte de uma bateria de canhões usada para saudar a chegada de D. João VI ao bairro a partir de 1808, quando o Príncipe Regente, que depois se tornou rei, passou a frequentar Paquetá, a Ilha dos Amores, como ele a chamava. O Canhão fica localizado no meio da rua, na praia dos Tamoios, em frente ao nº 341.

Parque dos Tamoios

Uma homenagem de Pedro Bruno aos índios Tamoyos, antigos ocupantes da Baía de Guanabara e de Paquetá. Neste Parque, ajardinado com pérgolas, encontra-se um monumento em homenagem a Carlos Gomes, frequentador de saraus na ilha. Fica localizado na praia dos Tamoios, por volta dos números 700/800.

Praça de São Roque

É a praça do padroeiro da Ilha de Paquetá. Lá também acontece a tricentenária Festa de São Roque.

Coreto Renato Antunes

O coreto foi construído na administração do Dr. Marcelo Cardoso com recursos da própria comunidade e homenageia Renato Antunes, dedicado voluntário a festas e celebrações populares. É usado também nas festas de São Roque e São João, que acontecem tradicionalmente na praça. Localizado na Praça de São Roque.

Parque Natural Municipal Darke de Mattos

O Parque Darke de Mattos foi criado pelo Decreto Municipal nº 394, de 18 de maio de 1976, sob a tutela da Fundação Parques e Jardins – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro. O Parque dispõe de brinquedos infantis, anfiteatros ao ar livre e heliponto, que permite suporte a atendimentos hospitalares que exijam remoção para hospital no Rio.

É um parque romântico em seu paisagismo, oferecendo árvores centenárias, praias, bucólicos recantos, trilhas e mirantes.

O principal mirante é o Morro da Cruz, com vista panorâmica da Baía de Guanabara.

Vista do Mirante Morro da Cruz.

Mirante Morro da Cruz.

Os diversos túneis existentes no Morro da Cruz testemunham a presença dos jesuítas que extraíam caolim utilizado na fabricação de porcelana.

Túnel do Eco.

Túnel Palco da Lua.

 

O Parque tem sanitários e está localizado no extremo sul da ilha, com portão de acesso na esquina da Praia José Bonifácio com a rua Luiz de Andrade.

Visitação: Entrada franca – Diariamente, de 8:00 às 17:00. Não é permitida a entrada de carrinhos elétricos e bicicletas.

Pedra da Moreninha

 

Ponte da Saudade

 

Casa Rosa

Casa Rosa

Praias

Segundo Inea, apenas a Praia do Catimbau está impropria para banho, todavia pesquise quais praias estarão liberadas para aquele mergulho.

Em algumas Prais tem o como alugar pedalinhos. O valor no dia que eu fui, era R$20,00 por 30 minutos.

Árvore Maria Gorda

Um raro exemplo de Boabá, de origem africana com centenas de anos e medindo mais de 7 metros de circunferência. A espécie é cultivada na África e sua bela flor é usada em aplicações medicinais. A árvore fica localizada na Praia dos Tamoios em frente ao nº 425.

Árvore Maria Gorda.

Cemitério dos pássaros

          É o único do mundo, ele foi fundado por Pedro Bruno e Augusto Silva com simbolismo ao amor aos pássaros e a natureza.

COMO SE LOCOMOVER EM PAQUETÁ:

Ao descer da barca, terão várias pessoas abordando e oferecendo passeios ao redor da ilha.

Charrete Elétrica: Aproximadamente R$70 por 40 minutos de passeio e R$100 por 1 hora, passando pelos principais pontos da ilha, com paradas para fotos. Cabem até 5 pessoas.
Bicicletáxis: Aproximadamente R$40 o passeio completo na ilha. Cabem 2 pessoas.

Pra quem curte pedalar, seguindo reto na descida da barca, na rua Furquim Werneck, tem lugares que alugam bikes. Assim como na rua Comendador Lage e Pinheiro Freire.

Bike comum: R$5,00 por 1:30 minutos, e para o dia todo varia entre R$20,00 e R$25,00, depende da loja de alugue a bike.

Bike para duas pessoas: R$ 20,00 por 1:30 minutos.

COMO CHEGAR:

Em suma o trajeto é feito pela CCR Barcas. Com saída da Praça XV à Paquetá e tem duração de 50 a 75 minutos.

VALOR:

NORMAL R$6,10/ BILHETE ÚNICO R$5,15.

*BARCA + TREM R$8,55.

HORÁRIO:

HORÁRIO DE EMBARQUE: (PRAÇA XV X PAQUETÁ)

06:00/ 08:30/ 10:00/ 11:30/ 13:00/ 14:30*/ 16:00/ 17:30/ 19:00/ 20:30/ 22:00/ 23:30.

*Horário de carga – viagem poderá ser feita com embarcação tradicional, com duração de 70 minutos.

HORÁRIO DE EMBARQUE: (PAQUETÁ X PRAÇA XV)

04:30/ 07:00/ 08:30/ 10:00/ 11:30/ 13:00*/ 14:30/ 16:00/ 17:30/ 19:00/ 20:300/ 22:00/ 00:00.

*Horário de carga – viagem poderá ser feita com embarcação tradicional, com duração de 70 minutos.

ONDE COMER:

Finalmente chegamos na melhor parte, até porque saco vazio não para em pé, e particularmente é a parte que mais gosto e acredito que para muitos também, não é mesmo? rsrs

CAFÉ DA MANHA/ LANCHE:

Descendo da barca, em frente à Praça Pintor Pedro Bruno, tem o Supermercado/Padaria ‘Carecas e Frescos’. Na padaria eles tem sanduíches, pães, sucos, café com leite, salgados e etc… Dá para tomar um bom café.

Logo depois, ao lado do ‘Carecas e Frescos’ tem uma senhora que fica com um carrinho vendendo Bolos, Empadão, Pastel, Pudim e Refresco. Compramos com ela um empadão de camarão, um bolo gelado de pêssego e um bolo de brigadeiro e definitivamente, estavam todos uma delícia.

ALMOÇO:

Restaurantes é o que não falta na ilha, tem no centro e quiosques na beira da praia que servem porções. Os pratos feitos variam entre R$18,00 até 25,00, encontrei um restaurante a kilo por R$49,90 e tinha um lugar com pratos para 3 pessoas por R$98,00.

Na hora que fui visitar a Paróquia Senhor Bom Jesus do Monte acabei almoçando no restaurante da Paróquia, eles têm uma variedade de pratos e o valor é R$ 20,00 o prato feito e a porção de batata é R$10,00.

Restaurantes em Paquetá.

DICAS:

  • O sol estava muito quente, portanto sempre use o protetor solar.
  • Os preços são como de um ponto turísticos. Portanto vá preparado.
  • Em Paquetá tem Hospital, Delegacia, Banco Itaú, Farmácia e etc…
  • Tem como se hospedar em Paquetá. Hotéis e Pousadas em Paquetá.

Já conhece meu instagram @vemnaminhamala e o da Jeniffer @ummundosurpreendente? Se não, vai lá conferir, essa e outras viagens estão salvas nos destaques.

 

 

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

4 Comentários

  • Carolina
    outubro 26, 2018

    Nossa faz tempo que não visito Paquetá que não lembro quase de nada…rsrsrsrs vou seguir todas as suas dicas aqui quando voltar pra lá! 😉

  • Lulu Freitas
    outubro 22, 2018

    Que bacana essas dicas sobre Paquetá. É um cantinho do Rio que parece que parou no tempo e um ótimo programa para o dia inteiro. Felizmente acabaram com as charretes e agora só bike ou essa charrete elétrica.

    • Raianne Matos
      Raianne Matos
      novembro 16, 2018

      Na ultima vez que fui, eu vi uma charrete antiga. Obrigada pelo comentário ♥